Related Posts with Thumbnails

domingo, 3 de janeiro de 2010

Amor a Distância

Quantas vezes eu já não toquei o vazio,
na esperança de te sentir.
Quantas vezes eu já não ergui minha mão,
com vontade de acariciar teu rosto … ou secar uma lágrima.
Quantas vezes eu não fechei os meus olhos,
para poder visualizar tua boca sorrindo…
enquanto eu sentia que tu
sorria… do outro lado.

Sinto tanto a tua falta…
Falta do teu calor…
Falta dos teus beijos…
Falta do teu olhar…

Mas a tua voz me aquece , me acaricia ,
me embala nas minhas noites vazias…
E a esperança preenche meus sonhos.
A esperança de que não tarde o próximo dia em que vamos nos encontrar.
E de que não tarde, o dia em que não vamos mais nos separar…

6 Comentários:

Principe Encantado disse...

Gostei bastente Bruna, lindo poema.
Abraços forte

Concentrado disse...

Olá bruna, mais um poema maravilhoso. Um grande abraço

Leila disse...

Também gostei. Amor à distância é isso.

Bruninha disse...

Obrigado principe encantado
abraços

Bruninha disse...

Obrigado que vc sempre continue lendo meus poemas


abraços concentrado

Bruninha disse...

Obrigado Leila

abraços

Postar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO